18 novembro 2011

O louco no autocarro II

Enquanto a blogosfera, facebook, e internet em geral se incendeiam por causa de um video sobre cultura geral, eu que ate acho o debate interessantissimo e um bom sinal - caramba, parece que finalmente se comecou a entender que nem tudo o que parece e', e que ha' cada vez mais gente que usa a cabeca para pensar - ocupo-me com um tema que me incomoda mais. Agora passo as horas vagas (minutos, que eu nao tenho assim tanto tempo livre), a investigar a dignidade no trabalho. Algo que os americanos chamariam de assedio, mas que na europa se chama dignidade. Algo que nos EUA bastaria uma pequena chamada de atencao para ser corrigido, e que por aqui... enfim... Acho que vou esgotar o meu credito de queixas oficiais neste tema, mas nao me calo. E se uma queixa (ja' vao em quatro) nao resolver o problema, agarrar-me-ei ao lema "se nao consegues vence-los junta-te a eles" e farei os possiveis por dar cabo do sistema por dentro. Podem-me chamar ignorante tanto quanto quiserem, nao perdem pela demora. Posso ser a unica maluquinha que se queixa, nao porque ninguem esteja de acordo comigo, mas porque mais ninguem tem tomates, mas alguem tem que o fazer e esta nao vou deixar passar.

2 comentários:

  1. Estamos contigo, snowzinha, e com os teus tomates!

    ResponderEliminar
  2. FAZ MUITAS VEZES BEM. QUEM FALA ASSIM NÃO É GAGO. FAÇA ISSO MESMO.

    ResponderEliminar